O laser de CO2 fracionado é considerado febre no mundo todo, e agora ganha mercado no Brasil.

A luta contra os efeitos do envelhecimento é uma grande preocupação desde épocas mais antigas. Cada inovação neste campo gera uma atividade relacionada com a crescente demanda de procedimentos e novos aparelhos. Desde a invenção da física nuclear como uma aplicação com a radiação laser, os médicos continuaram a procurar e encontrar aplicações médicas. O procedimento em questão é o laser de CO2 fracionado.

O efeito Resurfacing que é o propósito deste laser tem como eleição a destruição controlada de camadas da pele programadas pelo médico de acordo com a patologia que queremos tratar. Com este efeito produzimos uma ablação (lesão) desta pele que irá acarretar uma reação definitiva com a cicatrização e como resultado da renovação da superfície e correção dos sinais de envelhecimento da pele, cicatriz de acne, melasmas (manchas), estrias entre outros.

O laser é uma fonte de luz de comprimento de onda único, coerente. Todas as ondas são paralelas em uma única direção, que são absorvidas a depender do conteúdo cromóforo do tecido (hemoglobina, água, proteína, melanina e outros pigmentos).