A Clínica Pro-Pele oferece a você uma avaliação on-line que propõe as possivies soluções para o seu caso. Mas muito mais que isso, nós teremos prazer em lhe ajudar, por isso se nos permitir, entraremos em contato para entendermos a sua real situação, porque entedemos que cada caso é único, assim como você!

[[[["field4","equal_to","1"]],[["show_fields","field2"]],"and"],[[["field4","equal_to","2"]],[["show_fields","field6"]],"and"],[[["field4","equal_to","3"]],[["show_fields","field7"]],"and"],[[["field4","equal_to","3a"]],[["show_fields","field7"]],"and"],[[["field4","equal_to","4"]],[["show_fields","field8"]],"and"],[[["field4","equal_to","5"]],[["show_fields","field14"]],"and"],[[["field4","equal_to","6"]],[["show_fields","field15"]],"and"],[[["field4","equal_to","7"]],[["show_fields","field16"]],"and"]]
1
Nome
Telefone

Tipo I

O cabelo começa a recuar, mas ainda não é muito visível na frente.


Neste estagio o mais indicado é iniciarmos cuidados para prevenir a queda e dar forcas aos cabelos e normalmente, temos que fazer por um longo período de tempo: cuidar da alimentação e hidratação; uso de medicações e vitaminas orais e tópicas, bem como uso de shampoos corretos e orientações quanto ao uso de tinturas, bonés, géis...O transplante capilar não esta indicado nesse período, salvo casos específicos como a correção de alguma falha ou cicatriz.

Tipo II:
Começa a perda de cabelo na área temporal, eles estão começando a aparecer as entradas.


Os tratamentos medicamentosos nesta fase são de grande importância para prevenção da evolução da calvície, alem das medicações orientadas no nível 1, introduzimos medicações mais especificas e também iniciamos o uso em consultório do LASER e também a aplicação de MEDICACOES INJETAVEIS, diretamente no couro cabeludo.Ainda não costumamos indicar o implante nesta fase.

Tipo III: 
Já a perda de cabelo na área da coroa. Nesta fase, ele é considerado que a calvície em homens começa. Também continua a perder cabelo na área frontal.


Alem das abordagens incluídas nos itens 1 e 2, o transplante capilar é uma realidade e devemos levar em consideração, bem como as contra-indicações, idade do paciente e as expectativas.No cliente jovem será necessário um planejamento cirúrgico mais conservador, com linhas frontais recuadas, já que muitos anos ainda pela frente levarão a calvície a estágios muito avançados e pode ser que no futuro tenhamos a necessidade de realização de novos implantes. Existe nessa fase a possível indicação do procedimento de transplante capilar, mas antes de indicar o procedimento deve-se avaliar alguns critérios:Idade do paciente: Paciente jovem (antes dos 25 anos), o cuidado maior deve ser tomado, pois não se sabe a velocidade da evolução de sua calvície, e ainda pode ser que haja a necessidade de outros implantes no futuro. Cada paciente evolui de forma individual à calvície androgenetica e é por isso que esta possibilidade não devera ser descartada. Em pacientes mais maduros, após os 40 anos, a evolução da queda capilar já está determinada, sendo que uma boa consulta e entendimento entre médico e paciente pode transformar-se em uma cirurgia com resultado bastante promissor. Importante sempre salientar que, indiferente da idade do homem, o planejamento de uma cirurgia de transplante capilar deve levar em consideração não apenas o curto prazo, mas efeitos visuais que devem permanecer por muitos anos, mantendo, desta maneira, a naturalidade dos resultados do procedimento.


Expectativa do paciente: O paciente que procura por tratar sua queda capilar bem como sua calvície, devera ser indagado sobre suas expectativas de resultados, devera ser orientado quanto ao tratamento pós implantes e seus cuidados, que deverão ser longos e duradouros, visando a manutenção dos fios transplantados e também dos fios que o paciente já possuía antes do implante, visto que estes ainda continuarão recebendo a ação dos hormônios e são passiveis de queda.

Tipo IV: 
Perda de cabelo na coroa aumenta e também na área frontal. Ambas as zonas são separadas, por uma zona com o cabelo.


A grande mudança está no planejamento da cirurgia de transplante capilar, os tipos III, IV e V, que apesar de graus diferentes de calvície, tem a peculiaridade de terem 2 áreas separadas de área calva, apresentando um faixa de cabelos ainda persistentes no médio escalpe.A cirurgia de transplante capilar neste momento torna-se um grande aliado nesta batalha, já que tem como objetivo a implantação de fios nesta região calva e através de um planejamento conjunto com o paciente, restaurar as linhas de seu rosto e assim também sua naturalidade.A cirurgia deve compreender não somente as áreas já perdidas, mas também contemplar áreas de futura queda para um resultado satisfatório mais prolongado.

Tipo V:
A coroa e testa só são separadas por uma zona estreita com o cabelo.


A grande mudança está no planejamento da cirurgia de transplante capilar, os tipos III, IV e V, que apesar de graus diferentes de calvície, tem a peculiaridade de terem 2 áreas separadas de área calva, apresentando um faixa de cabelos ainda persistentes no médio escalpe.A cirurgia de transplante capilar neste momento torna-se um grande aliado nesta batalha, já que tem como objetivo a implantação de fios nesta região calva e através de um planejamento conjunto com o paciente, restaurar as linhas de seu rosto e assim também sua naturalidade.A cirurgia deve compreender não somente as áreas já perdidas, mas também contemplar áreas de futura queda para um resultado satisfatório mais prolongado.

Tipo VI: 
Iniciar ligação área calva da região anterior e posterior.


A grande mudança está no planejamento da cirurgia de transplante capilar, os tipos III, IV e V, que apesar de graus diferentes de calvície, tem a peculiaridade de terem 2 áreas separadas de área calva, apresentando um faixa de cabelos ainda persistentes no médio escalpe.A cirurgia de transplante capilar neste momento torna-se um grande aliado nesta batalha, já que tem como objetivo a implantação de fios nesta região calva e através de um planejamento conjunto com o paciente, restaurar as linhas de seu rosto e assim também sua naturalidade.A cirurgia deve compreender não somente as áreas já perdidas, mas também contemplar áreas de futura queda para um resultado satisfatório mais prolongado.

Tipo VII: 
Agora é apenas uma parte estreita do cabelo, que se estende sobre as orelhas e também cobre o pescoço.

A grande mudança está no planejamento da cirurgia de transplante capilar, os tipos III, IV e V, que apesar de graus diferentes de calvície, tem a peculiaridade de terem 2 áreas separadas de área calva, apresentando um faixa de cabelos ainda persistentes no médio escalpe.A cirurgia de transplante capilar neste momento torna-se um grande aliado nesta batalha, já que tem como objetivo a implantação de fios nesta região calva e através de um planejamento conjunto com o paciente, restaurar as linhas de seu rosto e assim também sua naturalidade.A cirurgia deve compreender não somente as áreas já perdidas, mas também contemplar áreas de futura queda para um resultado satisfatório mais prolongado.

Previous
Next

Outros links que podem lhe interessar: