Há muito tempo escrevi uma matéria para a revista UM sobre hiperidrose e resolvi escrever novamente e publicar aqui no portal, pois somente esta semana atendi três pacientes com esta queixa e vi o quanto desconforto causa nos mesmos. Suar além da conta é um drama que atinge cerca de 2% da população, mas boa parte dessas pessoas desconhece os métodos existentes para controlar a sudorese ou então não sabe que tem, de fato, alguma doença.

Em alguns casos, suar muito não é sinônimo de saúde. Denomina-se Hiperidrose, a síndrome caracterizada pelo suor constante em algumas regiões do corpo, principalmente mãos, pés, axilas e crânio-facial. Segundo a Sociedade Internacional de Hiperidrose (IHS), a doença afeta mais de 176 milhões de pessoas em todo o mundo. Os primeiros sinais da doença são registrados no final da infância ou no início da adolescência, quando a pessoa está mais sensível às críticas externas, embora em locais como nuca, tronco e pés ela possa ocorrer já nos primeiros anos de vida.

Dicas úteis para quem sofre da hiperidrose:

- Evite alimentos que promovem a sudorese, como os muito quentes ou condimentados (sobretudo à base de pimenta),
- Bebidas como o álcool, o café e alguns tipos de chá com cafeína, isso fará o nosso metabolismo acelerar aumentado a quantidade de sangue na superfície da pele e, em conseqüência, a transpiração
- Remédios para a perda de peso, com efeito, termogênico (induzem à queima de gordura)
- A ingestão de proteínas em excesso também desencadeia esse processo.Tanto a carne suína quanto a bovina, vísceras, leite e derivados contribuem para ativar o sistema nervoso simpático”, afirma.
- Para mulheres que usam sandálias e os homens que usam sapatos e transpiram muito, o indicado para controlar a hiperidrose plantar é a Iontoforese.
- Se o paciente também apresentar cheiro desagradável (bromidrose) é indicada a associação de tratamento com medicamentos prescritos pelo médico.
- Os desodorantes indicados para os pacientes que sofrem de hiperidrose nas axilas são os que contêm Cloridrato de Alumínio, substância que tende a minimizar a sudorese. O uso é recomendado sobre a pele seca e, preferencialmente, à noite.

Mesmo se na maior parte dos casos a hiperidrose não for a causa de um sério problema de saúde, em alguns casos ela pode ser a expressão de uma doença mais grave como diabetes, câncer, etc.

É, portanto, fortemente recomendado consultar um médico em caso de transpiração excessiva, principalmente se for generalizada.